Novos Deuses foi uma série em quadrinhos que começou em 1971, escrito e desenhado pelo Rei dos Quadrinhos, Jack Kirby. Nessa história somos apresentados aos Novos Deuses, do famoso Quarto Mundo, uma linhagem que passou a existir após o holocausto que destruiu os Velhos Deuses. O antigo planeta dos Deuses foi destruído, dando origem a dois novos planetas: Apokolips e Nova Gênese. “Planetas gêmeos”, que vivem na sombra um do outro.

Apokolips: Para sempre orbitando nas sombras. Sua superfície é marcada por gigantescos fossos repletos de fogo, que iluminam seus templos firmes e funcionais. Em que criaturas de fúria reverenciam uma crença de destruição!

Nova Gênese: É um mundo envolto na feliz melodia da vida. Não há estruturas na sua superfície verde, exceto aquelas que servem à causa do bem estar. Possui uma gigantesca e majestosa cidade, flutuando sobre a superfície do planeta, sustentada por mecanismos ocultos.

A trama nos apresenta Órion, um ser que preza pela liberdade, e que foi criado em Nova Gênese, pelo Pai Celestial, principal representante do planeta. Ele apresenta a Órion (e a nós, leitores) a Equação da Vida, algo que dá a qualquer ser do universo o direito de escolha. O livre arbítrio. O Pai Celestial diz a Órion que existe um perigo iminente. A vida e a liberdade estão ameaçadas pelo tirano de Apokolips, Darkseid. Darkseid está na Terra, à procura da Equação Antivida, responsável pela manipulação do livre arbítrio. Ela significa o controle extremo de todos os pensamentos dos seres vivos, e o terrível ser de poder Ômega acredita que as respostas para ele achar o que procura está na Terra.

Órion recebe a missão de parar Darkseid. Ele será responsável de expulsá-lo da Terra, para que os habitantes do planeta não sofram nas mãos do tirano de Apokolips. Órion então parte de Nova Gênese e vai para Apokolips, o planeta irmão. Chegando lá, quase é impedido de completar sua missão devido aos sentinelas do planeta, os parademônios, e Kalibak, filho de Darkseid (e flagelo de Apokolips). Porém, com a ajuda de Metron, nosso herói consegue escapar.

Órion descobre que Darkseid mantinha alguns terráqueos reféns em Apokolips, então os liberta e leva de volta para Terra, através do Tubo de Explosão (uma espécie de meio de teletransporte dos Novos Deuses). Já na Terra, começa sua missão para parar Darkseid, com a ajuda dos humanos que libertou.

Darkseid, na Terra, manda seu servo Desaad construir uma máquina do medo, que ajudará a encontrar o ser que possui as respostas para a Equação Antivida. Desaad constrói a máquina e logo a coloca em ação, porém ela é rapidamente destruída por Órion.

Somos apresentados também ao Corredor Negro, o ser que é chamado por muitos de “Morte”. O Corredor é um cara que voa pelo universo em cima de um esqui. Sim… é isso mesmo que você leu. Ele é mandado para a Terra por Metron (que o joga no Tudo de Explosão para livrar Magtron – De Nova Gênese – da morte), onde vai atrás de um banido chamado Docinho (que cumpre ordens de Darkseid), detentor de uma bomba de hidrogênio que iria causar muita destruição. O Corredor mata Docinho e indiretamente ajuda Órion.

A próxima parte da história nos mostra a morte de Sorriso Marinho, uma entidade bastante poderosa dos mares. Órion o encontra pouco antes de morrer, e Sorriso Marinho diz ao herói que tudo foi obra dos Seis Abissais, que também são criaturas marinhas. Órion, com a ajuda de seus amigos humanos, encontra a localidade dos Seis Abissais, e é capturado por Slig, um dos membros do grupo.

Nosso herói consegue sair da armadilha feita por Slig e mata o vilão. Porém, para a tristeza dele, uma criatura gigantesca e monstruosa havia sido criada pelos Seis Abissais, a mando de Darkseid. E essa criatura tinha acabado de ser solta, levando perigo por onde venha a passar. Órion persegue o monstro com a ajuda de seu amigo, Magtron. Ambos encontram e derrotam os cinco abissais que sobraram, e mais a super criatura perigosa. Por mais que a guerra contra Darkseid ainda não tinha tido um fim, muitas surpresas e acontecimentos estariam por vir. Resta saber se nossos heróis conseguiriam deter tais ameaças e conseguir viver com as revelações que seriam feitas.

Uma das revelações é que Órion era filho de Darkseid. Metron havia feito um pacto entre o tirano de Apokolips e o Pai Celestial, representante de Nova Gênese. Uma troca de filhos havia sido feita, para que a guerra entre esses dois planetas fosse cessada, mas como pudemos perceber, essa guerra nunca parou. Scott, filho do Pai Celestial, foi para Apokolips, e Órion para Nova Gênese. Enquanto Órion foi carinhosamente cuidado pelo Pai Celestial, como se fosse seu próprio filho, Scott foi escravizado em Apokolips por Darkseid. Mais tarde Scott viria a se tornar o Senhor Milagre. (Esse parágrafo que acabei de escrever não está presente na história. Apenas contei para que fiquem cientes das tais “revelações”)

Existe uma profecia que diz que Darkseid deve ser morto pelo filho, Órion. O garoto então, sofre com o carma de cumprir essa profecia. Porém, quem conhece o primeiro desfecho da história de Darkseid, sabe que o tirano é morto por outra pessoa, e que essa profecia não se concretizou.

Por mais que seja uma história que não tenha um “final” (pois deixa um ganho para que possa ter uma continuidade), Novos Deuses é uma saga muito boa. Se você é novo no mundo dos quadrinhos da DC, e quer conhecer sobre Darkseid, Pai Celestial, Caixas-Maternas, e todo o resto da mitologia que cerca Apokolips e Nova Gênese, leia essa história. Ela serve como enciclopédia para esses assuntos. Tudo é bem explicadinho, e você consegue compreender rapidamente o que procura saber. Jack Kirby iniciou essa história do zero com o Quarto Mundo, e criou uma das maiores mitologias presentes no universo da DC Comics. Não é à toa que esse velhinho genial é conhecido por muitos como o Rei dos Quadrinhos.

Novos Deuses (New Gods – EUA – 1971, DC Comics). Roteiro, edição, arte, arte-final e cores: Jack Kirby.

Compartilhe

Sobre o Autor

Victor Dourado

Fissurado por quadrinhos, cinema, games e literatura. Estudante de Matemática e autor nas horas vagas. Posso também ser considerado como um antigo explorador espacial, portador do jipe intergaláctico que fez o Percurso de Kessel em menos de 12 parsecs.

  • Excelente texto, meu amigo. E damos início às homenagens pelo centenário do Rei dos Quadrinhos! É uma pena que, assim como se deu com o Ragnarok de Thor na Marvel (que daria origem a essa história, mas ele não pôde terminar porque a editora não queria que ele matasse os personagens), acabou ocorrendo o mesmo na DC, e ele não pôde concluir os Novos Deuses pelo mesmo motivo. Voltou uma década depois pra fazer isso, mas o resultado final não foi o que ele queria ter feito. De todo modo, é incrível ver como o Kirby sozinho criou praticamente toda a estrutura cósmica do universo da DC. Em tão poucas edições. E em um período em que os desenhistas/roteiristas ganhavam uma miséria e tinham que entregar sei lá quantas páginas por semana. Surreal.

    Você leu recentemente Eram os Deuses Astronautas?, então deve ter percebido o quanto a obra influenciou essas criações de Kirby, em particular o Quarto Mundo e Os Eternos.

    • Muito obrigado, Rodrigo! Que se iniciem as homenagens ao Rei! kkkkk
      É uma pena mesmo, meu amigo. Isso fez o Kirby ficar totalmente descontente. E ele estava trabalhando a história dos Novos Deuses, e de três outras revistas, como um universo próprio, encaminhando para algo muito maior (coisa que, nos quadrinhos, só foram fazer de novo uma década depois – e é o mesmo que a Marvel faz hoje em dia nos cinemas). Surreal, meu amigo.

      Sim, percebi. A ideia de “deuses de outros planetas” foi muito utilizada pelo Kirby aqui. Inclusive, vou mencionar isso na parte que estou preparando daquele nosso post!

      • Uma coisa muito legal que eu li, e que vou tentar colocar no nosso texto, é a evolução de temas entre tudo que o Kirby fez, desde o Capitão América até o Capitão Vitória, passando por todos os personagens que ele trabalhou em TODAS as editoras. Tem uma sequencialidade evolutiva nas ideias em tudo que ele desenhou e criou. É impressionante. Ele antecipou zilhões de coisas que se tornaram comuns nas HQs no futuro.

        Estava pensando em um texto sobre Eram os Deuses Astronautas, pra parte de livros – e pra poder linká-lo no texto do Kirby. Que acha? Quer fazer?

        • Sério? Isso é impressionante mesmo. Eu não sabia.
          Não só em HQs, eu imagino, muita coisa que está no cinema de hoje em dia também.

          SÉRIO?????? É LÓGICO QUE EU ACEITO, RODRIGO!!!
          Vamos mesmo? EU ANIMO DEMAIS DA CONTA!

          • Sim. Esse problema meu atrapalhou tudo, mas o texto do Kirby ainda vai sair…rs Mas é impressionante a sequencialidade nas obras dele.

            Sim, sério. Seria legal mostrar uma das maiores influências dele.

          • Então faremos com certeza! Não esqueça de me cobrar!!!!

  • Depois das inúmeras resenhas sobre o Novo Mundo fico imaginando como ele ficaria se bem adaptado ao cinema. O visual de Nova Gênese, o visual de Apokolips, os personagens, essa história. Seria magnífico. Mais um ótimo texto meu caro Jipeiro, aliás isso é uma coisa redundante de se dizer aqui nesse site.

    • Seria surreal ver isso no cinema, meu amigo. Adaptado do jeito certo, poderia render uma franquia própria. O visual, os personagens… tudo é maravilhoso. Viva o Rei, e tomara mesmo que abordem isso no cinema em breve.

      Muito obrigado, meu amigo!

  • Agente Smith

    Jipeiro, ótima resenha meu amigo!
    Novos Deuses são uma história e tanto, e não se poderia esperar menos vindo do rei dos quadrinhos! Como disseram abaixo, é incrível ver como o Kirby conseguiu criar uma estrutura cósmica tão fantástica na DC, com tanto a ser aproveitado e renovado. Órion é o meu personagem favorito, toda essa diferença que ele tem com seu pai Darkseid é muito interessante, lembra-das histórias que eu te contava que gostaria de criar? pois então, me inspirei bastante nos Novos Deuses pra criar as duas principais raças alienígenas da História, os Quasarianos (Que habitam um planeta chamado Quasar) me baseei bastante nos habitantes de Nova Genese, que são governados pela mão de um rei bom e justo, e os Cronosianos (Que habitam um planeta chamado “Cronopia”) são seres de extrema paixão para a destruição (são baseados nos habitantes de Apokolips). Mudando um pouco de assunto, fiquei sabendo que o Sr Milagre, Grande Barda e Órion aparecem na intro da DC films, então logo logo vamos poder vê-los nas telonas! Saca só (Eu só consegui a imagem em que mostram o Sr Milagre e a Grande Barda)
    https://uploads.disquscdn.com/images/61159673a066821c1195875164453fea288f46590228c3aa1f04c75986c2d023.jpg

    Agora é só torcer para colocarem o Jeff Bridges de Darkseid, o Michael C. Hall de Órion e chamarem o George Miller pra dirigir um filme dos Novos Deuses kkkkk.

    • Muito obrigado, Justiceiro!
      Sim, mano… Só o Rei poderia nos proporcionar isso.
      Caramba, sério? Que baita inspiração, hein? Pelos poucos detalhes que forneceu, tenho certeza que essa história sua ficou épica! E não só você, muitos se inspiram e ainda vão se inspirar nas obras do Rei. Órion também é o meu favorito! kkkkkk

      Só o Scott e a Barda aparecem. O Órion não, infelizmente 🙁
      Mas se eles estão aí, existem grandes chances de dar às caras no cinema em breve. TOMARA, MEU AMIGO!!!
      Michael C. Hall como Órion? Seria incrível! Até o cabelo ruivo ele já tem! kkkkkkkkk
      Imagina o Miller dirigindo um filme dos Novos Deuses? Cara, isso seria perfeito demais!

      • Agente Smith

        Kkkkkkk, valeu mano!
        Espero que ela fique boa.
        Eu vi uma foto, em que conseguiam identificar quase todos os personagens na Intro (Os que não eram iam pra lista das suspeitas), e o Órion foi identificado na imagem, mas eu não consegui achar a imagem dele pra mostrar, mas acho que mesmo se não fosse ele, é óbvio que teremos nosso personagem favorito nas telonas. Eu sempre imaginei o Michael de Órion, e sempre quis o ver atuando em alguma adaptação de quadrinhos (Desde que ele estava entre os candidatos pra interpretar o Demolidor na série da Netflix)o Órion é perfeito pra ele! O Miller nem preciso explicar não é mesmo? ele tá querendo muito dirigir algo na DC desde o cancelamento de “Liga da Justiça: Mortal” (Esse seria o nome do filme), eu vejo ele em muitos projetos que ele poderia dirigir: Tropa dos Lanternas Verdes, The Batman 2 (Mas sem tirar o Matt Reeves da “tropa do DCEU”), Caçador de Marte, etc. Mas o projeto que mais sonho em ver ele dirigindo na DC é sem dúvida um filme dos Novos Deuses.

        • Fiquei sabendo quase que agora que o Órion aparece nessa abertura mesmo, mas também não tenho a imagem.
          Tem que dar um projeto ousado pro Miller. Ele é meio louco da cabeça, despirocado, então um filme do Caçador, Lanternas ou Novos Deuses cairia como uma luva pra ele! kkkkk

  • Excelentíssima resenha.
    Os Novos Deuses foi, com certeza, uma das melhores coisas feitas pelo rei.

    Jipeiro, eu fiz um e-mail especificamente pra Hangouts e te mandei um convite. Aceita lá.

  • Aragorn II, King of Gondor

    Estou me sentindo envergonhado por não ter lido ainda… hahaha!
    Pra falar a verdade, li bem pouco das obras do Rei. Mas, mesmo assim, já ficou evidente sua maestria… ele era genial!

    Quero ver se pego Novos Deuses para ler em breve… já adiei por tempo demais!

    Ótima resenha, mano!

    Off: hey, seu merda… eu estava conversando com o Doom recentemente, e nós fizemos algumas teorias sobre o DCUE… envolvendo Caçador de Marte e Supergirl – calma que não é o que tu tá pensando! Hahaha….
    Enfim, queria falar sobre elas contigo. Saber se acha possível…

    Mas, primeiro… tu já leu as prequels de MoS?

    • Tem que ler, Aragorn! É, tipo, obrigação pros DCnecos safados como a gente! kkkkkk (E cagões… kkkkkkkkkkkk)
      Muito obrigado, mano!

      Off: Sim, eu li as prequels de MoS. Me diga a teoria de vocês!
      Recentemente o Wolverone me disse a dele, baseada nessa história também.
      TÔ CURIOSO, ANDA LOGO! kkkkkkkkkkkkkk

      • Aragorn II, King of Gondor

        Huahuahaua…. LEREI! (aliás, acha que dá pra ler em quantas cagadas, mais ou menos? Kkkkkkkk)

        Off: Wolverone… tá aí um cara que não vejo faz tempo (2° lugar, depois da Drag Queen mais famosa do Disqus). Só se ele estiver com outro nick…

        Bom, enfim, vamos lá…. kkkkkkkkkk
        Tem duas, pra falar a verdade.

        As prequels de Mos – que eu ainda não li – mostram a Supergirl, correto? Vi uma galera falando que ela poderia ser a Campeã da Terra naquela guerra do passado que rolou contra os exércitos do Darkseid… mas tivemos outra ideia.
        Bom, o fato é que ela estaria aqui no planeta faz tempo, né? Séculos, milênios? A cápsula que seria dela aparece aberta no filme…
        Então… por que diabos ela não apareceu pra lutar contra o Zod? Não surgiu quando o Super se revelou, nem quando ele morreu… e então?
        Pensamos que ou ela tem um motivo muito bom pra não aparecer, ou está em outro planeta… do nosso Sistema, talvez.

        (Marte?)

        Enfim… no filme da Liga, se a equipe está mesmo envolvida com o Retorno do Super… será que aquele holograma não era a própria Kara ensinando a eles como usar a nave pra trazer o azulão de volta?

        Okay, meio merda, mas enfim… kkkkkkkkkkk!

        A segunda serviria pra introduzir o Caçador de Marte. Sabe aquilo que tu me falou, sobre o Borgo achar que o filme da Tropa vai se passar ao mesmo tempo que a Liga, explicando a ausência da mesma?
        Então… a Tropa provavelmente estaria lidando com outros problemas, correto? Poderiam ser… Marcianos Brancos?

        Enfim, na hora pareceu genial. Lendo agora ficou meio bosta… kkkkkkkkkkkk! Mas, enfim, diga o que acha… hahaha!

        • Dá pra ler em umas três cagadas… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          Off: Também não vejo ele há muuuuito tempo 🙁

          CARALHO. Eu adorei essas duas teorias. Sim, a Kara aparece nos prelúdios de MoS, e isso de ela não ajudar na batalha do Zod não faz sentido. Mas, se ela estivesse mesmo em Marte, quem sabe até ajudando a Tropa com os Marcianos Brancos, seria SENSACIONAL!!! Adorei a teoria, sério.

          Agora fico me indagando… Seria aquilo mesmo um holograma da Kara? Nos prelúdios ela usa uma roupa preta, que nem a do Jor-El. Mas, quem sabe ela pegou um uniforme colorido na nave também, né?

          MEIO BOSTA SEU CU. Eu gostei, seu merda! kkkkkkkkkk

          • Aragorn II, King of Gondor

            Kkkkkkkkkkkkkk! Ótimo!

            Off: hm… mais um sumido. Aliás, sabe quem voltou essa semana? VV!

            Hahaha… valeu, seu merda! Acho que até faria sentido, tendo em vista o que foi estabelecido até o momento. Quero MUITO ver como eles vão resolver a ausencia da Tropa, formular teorias vai ser um bom passatempo até lá… kkkkkkkk!

            Hm… preta? Pior que aí complica… hahaha! Mas acho que ainda pode rolar, né? Acredito que seria interessante. Liga tá com um monte de coisas pra resolver já, mas eu AMARIA isso!

          • Eita… outro sumido… kkkkkkkkkk

            É uma ideia muito louca, mas é uma boa ideia… kkkkkkkkk

          • Aragorn II, King of Gondor

            Tem altas galeras voltando do além, né? Kkkkkkkkkkkkk!

          • Tem mesmo kkkkkkkkk

      • Pedro, o Homem Sem Medo

        Os Novos Deuses transcendem a marvequice e dcquice. Sim, eu acabei de inventar essas palavras…kkkkkkkk

  • Herbie: De Volta ao Lar

    Resenha excelente,Jipeiro!
    Acredito que veremos estes personagens em Liga da Justiça 2 e que algumas referências podem ser feitas. Na intro do DCUE,aparece o Órion,Senhor Milagre e Grande Barda.
    Acho que antes de Liga 2 seria melhor fazer um filme dos Novos Deuses,assim estabelecia bastante coisa e é o sonho de todos os fãs da DC.
    https://uploads.disquscdn.com/images/756cc4386ef591113a6f37b252cf34fb89e5c9811dddb896332e6843022ca2e5.png

    • Seria um sonho realizado um filme dos Novos Deuses antes de Liga 2, mas infelizmente acho que não vai rolar 🙁

      Eu tinha visto a Grande Barda e o Senhor Milagre nessa abertura, mas o Órion não. Bom ver que não esqueceram do Filho de Darkseid!!! kkkkkkk
      Muito obrigado, meu amigo.

      • Jim Douglas

        Seria a maior burrice trazer Darkseid no segundo filme sem nenhum outro personagem dos Novos Deuses.

  • Pedro, o Homem Sem Medo

    Obra-prima do Rei!
    Sinceramente, eu acho o conceito dos Novos Deuses uma ópera espacial muito melhor que Star Wars. É uma pena que o público da época não estava preparado para tanta novidade desse gênio, o que acabou no cancelamento da revista. Uma verdadeira lástima!
    Fico imaginando a DC fazendo um filme dos Novos Deuses. Seria um sonho realizado:-)
    Parabéns pelo post, seu dcneco safado;-)

    • OBRA-PRIMA!!!
      Eeee, seu marveco safado… Tá mexendo com fogo me falando isso… kkkkkkkkkkkkk
      Infelizmente, meu amigo. As pessoas não estavam preparadas pra isso.
      Um sonho realizado, realmente.

      Muito obrigado, Pedro!!!
      E, você ouviu falar da minissérie que está saindo agora do Senhor Milagre? É escrito pelo Tom King. Tá sendo MUITO elogiado lá fora.

  • Terry Mcginnis

    Esse material já foi publicado no Brasil ?